---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


II Conferência Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente

Publicado em 27/11/2018 às 16:35 - Atualizado em 28/11/2018 às 08:44

II CONFERÊNCIA MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE SANTA TEREZINHA SURPREENDE A TODOS

CMDCA é o espaço da gestão municipal que proporciona nos ouvir

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente do município de Santa Terezinha realizou no último dia 20/11, a II Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, tendo como Tema Central aProteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências. Foram mais de 90 adolescentes que lotaram o espaço da sala de eventos na Intendência do Distrito de Rio da Anta. Diferente dos demais eventos, a conferência teve como principais protagonistas o público infanto-juvenil, inclusive na composição da mesa com autoridades, onde três adolescentes representaram os presentes. Para a adolescente Luana Pereira Kniazevski, aluna da Escola de Educação Básica Pe. João Kominek “agradeço a oportunidade e o espaço em nome de todas as crianças e adolescentes de nosso município. Segundo a constituição, nós não somos apenas uma área, mas somos prioridade absoluta em todas as áreas, e o CMDCA é o espaço da gestão municipal que proporciona nos ouvir do que precisamos, as nossas necessidades e assim poder realizar políticas públicas em nosso favor. Mais uma vez eu agradeço o espaço e a voz que deram a nós, para que pudéssemos nos expressar, sugerir e opinar. Meu muito obrigada em nome de todas as crianças e adolescentes”, concluir Luana. O Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente Sr. Luiz Carlos Teczak, fez questão de lembrar a trajetória para a conquista do ECA “o Estatuto da Criança e do Adolescente, foi fruto da sensibilidade e compromisso de milhares de pessoas. Agora estamos conseguindo que a voz das crianças seja ouvida em toda nação, e hoje em Santa Terezinha, aqui no Distrito do Rio da Anta nesta conferência”, “este momento só foi possível porque os membros do Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente aceitaram um desafio. Mudar. Mudar a forma de conduzir. Ir onde está o público infanto-juvenil. Visitamos 30 turmas, apresentamos os eixos e deixamos a tarefa para que discutissem propostas. Fico muito agradecido pela colaboração de todos. Pessoalmente estou muito satisfeito com empenho dos adolescentes e o retorno das mais de 100 propostas que foram apresentadas por eles na conferência que serão compiladas e apresentadas aos governos municipal, estadual e federal”, concluir Teczak. Já para o Promotor de Justiça da Comarca de Rio do Campo Dr. João Paulo Bianchi Beal “O dia 20 de novembro de 2018 certamente ficará marcado na memória das crianças e jovens que estiveram presentes na II Conferência Municipal da Crianças e do Adolescentes de Santa Terezinha. Não somente para eles, mas para todos os presentes, certamente foi uma ocasião ímpar. Uma oportunidade de diálogo franco e aberto, com exposições sobre proteção integral, diversidade e enfrentamento às violências, certamente trará gigantescos benefícios para a comunidade local. Dar a oportunidade para crianças e jovens se manifestarem, exporem suas ideias e, mais do que isso, apresentarem suas propostas para a criação de políticas públicas voltadas para a área da infância e juventude, faz com que o próprio público alvo seja efetivamente inserido e participe da criação de uma sociedade mais justa e igualitária. O evento, realizado com brilhantismo pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - CMDCA de Santa Terezinha, inegavelmente proporcionou a real mudança social, cultural e comportamental dos jovens. O Ministério Público, apoiador incondicional do evento, aplaude e congratula os participantes e organizadores de tão especial momento de crescimento e desenvolvimento social e democrático”, conclui o promotor. Para o Vice-Prefeito em exercício no cargo de Prefeito Municipal Sr. Inácio Monczevski “hoje o dia é pra vocês a crianças e adolescentes discutirem como garantir seus direitos, sem esquecer também dos deveres de cada um, primeiramente nos estudos e porque não a colaboração em tarefas domésticas. O município está buscando sempre atender ao que manda a lei, investir em saúde e educação, pensando em vocês que são o futuro de nosso país”, concluiu o prefeito em exercício. A Oficiala da Infância Sra Meri Luci Bodemuller, palestrante convidada disse, “me senti honrada em proferir sobre a Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências, pois os adolescentes inundaram o espaço com entusiasmo na luta pela garantia de seus direitos, deram um show de conhecimento e comprometimento com a causa”, e acrescentou “parabenizo a toda equipe  do CMDCA, rede de atendimento, proteção e garantia de direitos que não mediram esforços  para tornar o momento um espaço de reflexão e busca de melhorias, pela organização, pré-conferência, dedicação e comprometimento, sinto-me imensamente feliz por fazer parte desta história” concluir Meri. Agradecimento ao colega Adilson que conduziu apresentação cultural com crianças do grupo de convivência do CRAS. Estiverem presentes ainda a Assistente Social do Fórum Comarca de Rio do Campo Sra  Leonir Martins Pereira, dos Secretários Municipais Eliane Kozoriz Kuchller, Ilisiane Kuchler, Sargento Alexandre Anton, Assessora Jurídica Lediane Karoline de Souza, Intendentes Distritais Paulo Barabas e Vilson Malinovski, Direção das Escolas Cristo Redentor do Craveiro, Básica Municipal Alto Rio da Anta, Pe. João Kominek, membros da Equipe Multiprofissional. Foram eleitos delegados da conferência os adolescentes David Luan Martins de Oliveira, Karenn Eduarda Barbosa, Wesley Chiminski, Eduarda Adanczerski, Geovana Paterno, Luiz Carlos Teczak da sociedade civil e Karen Kristina Kazmiercak Harbs do governo.

 


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar